Brasília recebe os diplomas acreditativos das 7 maravilhas de seu Patrimônio Cultural Material


Ato de entrega dos diplomas acreditativos das 7 maravilhas do Patrimônio Cultural Material de Brasília.

O Presidente do Bureau Internacional de Capitais Culturais, Xavier Tudela, entregou hoje os diplomas acreditativos das sete maravilhas do Patrimônio Cultural Material de Brasília, eleitas por votação popular no mês de junho passado.

As sete maravilhas da Capital Federal do Brasil são: Catedral, Congresso Nacional, Palácio da Alvorada, Palácio do Planalto, Templo da Boa Vontade, Santuário Dom Bosco e Ponte JK.

O ato, ao que assistiram mais de duzentas pessoas, foi celebrado na sala Parlamundi do Templo da Boa Vontade, uma das sete maravilhas brasilienses. Compareceram os representantes de todas as maravilhas eleitas, deputados federais, o presidente da Brasiliatur, o Vice-Governador do DF, Paulo Otávio, além do Delegado no Brasil do Bureau Internacional de Capitais Culturais, Mario Vendrell, e o presidente desse organismo, Xavier Tudela.

No final do ato, João Truran, Diretor Regional da empresa de telefonia Vivo, entregou a Xavier Tudela uma reprodução de uma edição especial de quinhentos mil cartões telefônicos, com a reprodução de cada uma das 7 maravilhas do Patrimônio Cultural Material de Brasília.

A campanha das 7 maravilhas de Brasília, impulsionada pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais, com a colaboração da Brasiliatur, no caso de Brasília, emarcou-se na eleição das 7 maravilhas do Patrimônio Cultural Material de cinco cidades do mundo. Além de Brasília, participaram na eleição das 7 maravilhas locais: Barcelona, Madri, Nizhny Novgorod (Rússia) e Sarajevo (Bósnia e Herzegovina).
O Bureau Internacional de Capitais Culturais realizou a eleição das 7 maravilhas de Barcelona Brasília, Madri, Nizhny Novgorod e Sarajevo, com o objetivo de divulgar esse patrimônio de uma forma didática, pedagógica, lúdica e, ao mesmo tempo, motivar a visita dos lugares propostos e eleitos, estabelecendo novas rotas turísticas que permitam aos visitantes conhecer de forma sintética a riqueza patrimonial de Brasília e das outras cidades participantes.
O Bureau Internacional de Capitais Culturais criou e desenvolve a Capital Americana da Cultura, a Capital da Cultura Catalana, a Capital Brasileira da Cultura, e a US Capital of Culture. Os objetivos do Bureau são: promover e desenvolver as capitais culturais criadas pelo Bureau; coordenar as atividades com as outras capitais culturais existentes no mundo; promover a criação de capitais culturais nos lugares do mundo onde ainda não exista essa iniciativa; colaborar com instituições e entidades culturais para alcançar objetivos comuns; proporcionar a assessoria a instituições públicas e privadas para o desenvolvimento de projetos culturais; e desenvolver diretamente iniciativas culturais em todo o mundo. Xavier Tudela é o presidente do Bureau Internacional de Capitais Culturais


© Capital Americana de la Cultura 1998-2019